jusbrasil.com.br
18 de Outubro de 2017

A vida dura de um Advogado recém formado: KEEP CALM! Vai dar tudo certo!

Camila do Prado Miguel, Advogado
há 4 meses

O post de hoje não tem inspiração em livros, vídeos do youtube ou textos de blogs alheios, porque essa que vos escreve sabe na pele o significado do título desse post.

Meu nome é Camila, tenho 25 anos e sou advogada recém formada há 1 ano e 6 meses... Sim, eu sei exatamente o que é sair da faculdade e ser cobrada como quem já há muito tempo atua no mercado, ou olhar para aquela vaga de emprego que você tanto deseja e que, em tese, é para o seu perfil, mas com cobranças fora da realidade de quem acabou de se formar (como eu escuto esse tipo de relato de advogados recém formados...).

A gente passa pelos cinco anos de faculdade fazendo estágios, cursos extracurriculares... E ainda assim, quando chega o tão sonhado momento em exercer a profissão conquistada com luta e suor, nos sentimos completamente perdidos... Olhamos para essa imensidão de mundo e parece que não nos identificamos com nada.

Aquele amor que você tinha por aquela matéria na faculdade, parece que agora já não é o suficiente para te dar certeza de que é nessa área que você quer se especializar.

As dificuldades e os dramas diários viram milhares de questionamentos em sua mente, dentre eles "será que eu sigo em frente como advogado ou presto concurso público?"

Você até vive bem o primeiro ano só trabalhando, dando o máximo que pode para mostrar que tem capacidade para ser um profissional acima da média, trabalhando até tarde da noite, muitos até de madrugada (e muitas vezes não é minimamente valorizado ou reconhecido esse esforço, né?)... Alguns se submetem a salários baixíssimos por falta de oportunidades melhores, até porque, você é um recém formado, está vivendo em um país em crise, não tem nenhuma especialização e muitas vezes nem o idioma inglês (infelizmente a nossa classe ainda é uma das poucas que investem numa segunda língua... Claro que o cenário está mudando, mas ainda há um deficit muito grande).

Veja bem, eu sou completamente contra o pagamento de salários baixamos, inclusive, abaixo do salário mínimo estipulado pela OAB, o qual aumenta de acordo com o tempo de exercício na advocacia. Mas, também não sou a favor do discurso "nossa, eu estudei 5 anos pra ganhar o que a tabela da OAB estipula? É muito pouco! Que absurdo!"

Sim, de fato foram cinco anos suados e muito puxados e como se não bastasse, ainda tem a prova da OAB para prestar, a qual se divide em duas fases... Pois, você só advogado, somente está habilitado para exercer essa profissão, depois de passar pelas duas fases da prova. No entanto, me diga um coisa: você sai pronto o suficiente da faculdade para ganhar o salário que você acha que merece? Quantas ideias inovadoras você tem para contribuir com a empresa/escritório? Quantos idiomas você fala? Pelo menos o inglês você tem, né? Ah, não?! Hummm... Tá, mas com certeza uma especialização você tem, claro! Ahhh... Também não, né?

Então, que fique claro, você não sai pronto o suficiente da faculdade para ganhar seus R$6.000,00 (por exemplo), mas também não merece um salário humilhante, que desvaloriza a classe, que te desvalorize.

E para "ajudar", o facebook e o Instagram muitas vezes se tornam ferramentas para te colocar para baixo, porque parece que está todo mundo se dando bem, conquistando seus sonhos, alcançando o sucesso tão desejado (não vou nem entrar no mérito da questão o quanto as redes sociais são ilusórias, ok?!)... Mas você não, você se sente tão pequeno, tão distante das realizações dos seus projetos e aquele seu salário ainda não te permite fazer uma especialização legal para dar uma elevada no seu currículo e até mesmo na sua autoestima.

"Nossa Camila, que post mais deprê..." hahaha... Calma! Minha intenção aqui não é alimentar a tristeza ou a angústia de ninguém, muito pelo contrário! Quero que você saiba que você não está sozinho e que essa maré contra o vento vai passar... Você não tem que se deprimir ao olhar para aquele profissional que "chegou lá", mas sim, se inspirar nessas pessoas, acreditar que ninguém é melhor ou pior que você, que o seu momento de conquistar o seu espaço, de realizar o seus sonhos, os seus projetos como profissional vai chegar na hora, no dia, mês e ano que tiver para chegar... Será o momento em que você estará pronto e amadurecido para colher o que plantou.

Não, você não tem que desistir, ou pensar que não nasceu pra isso... KEEP CALM! VOCÊ ACABOU DE SE FORMAR! (considere-se recém formado se você tem de 1 a 3,5 anos de exercício como advogado)

Você precisa estar ciente que não dá para viver a vida querendo pular etapas, nem tudo na vida pode ser acelerado, principalmente quando estamos falando de carreira. TUDO NA VIDA TEM O SEU TEMPO CERTO PARA QUE AS COISAS ACONTEÇAM!

Infelizmente, muitas vezes olhamos para profissionais FENOMENAIS em seus perfis das redes sociais (ou até mesmo um conhecido próximo), os quais se tratam de pessoas que de fato ficaram milionárias rapidamente, criaram algo genial e deu certo da noite para o dia, passaram a influenciar com o seu trabalho em pouquíssimo tempo dando um UP na carreira!

(Ooouu... Também existem aqueles profissionais que suaram tanto o quanto você, mas você não viu suas noites em claro, seus problemas de saúde, de estresse, os milhares de "não" que jogaram na cara de deles, os momentos que pareceu que o dinheiro não ia dar... Pois é, é preciso julgar menos e se inspirar mais, saber olhar com mais humanidade para cada pessoa.)

Mas veja bem, essas pessoas SÃO FENÔMENOS, ou seja, pessoas não comuns, fora da realidade, que não precisaram passar pelo longo processo de "chegar lá", então, NÃO, você não deve se comparar com essas pessoas e muito menos querer que seu processo seja como os delas. É preciso entender que é super normal, saudável, real e palpável, subir degrau por degrau. E quanto a esses profissionais fenômenos, se inspire neles, mas não queira ter a vida deles, isso não te fará andar para frente, muito pelo contrário, aumentará sua angústia, porque o tempo passará e você irá olhar para trás e ver que a única coisa que soube fazer foi "querer a vida daquela pessoa".

Então, viva as suas regras, lute as suas lutas, batalhe pelos seus sonhos: estude muito, tenha coragem para enfrentar as mudanças necessárias (talvez você precise sair daí onde está, né?), gaste menos dinheiro do que ganhe, saiba esperar o momento certo para desfrutar de tudo aquilo que você batalhou para conquistar.

Se você está se sentindo sem rumo, perdido, não consegue se ver em lugar nenhum, não decide por qual especialização fazer, calma! Isso é normal, não se puna por isso, aproveite esse momento para se conhecer, pratique atividade física (faz bem para o corpo e PARA A MENTE). Você já fala inglês? Não? Então aí está um super investimento! Saiba que nada adiantará ser um profissional muito bem especializado se não tiver o idioma obrigatório que te ajuda a crescer na carreira. Ah, já fala inglês? Que tal aprender francês, ou italiano? (hoje a internet nos oferece e nos permite vivenciar tantos novos conhecimentos)

Estudar nunca é demais, nunca ouvi ninguém dizer que perdeu tempo na vida por estudar. Muito pelo contrário, a gente pede perde tempo com futilidades na internet, com coisas que nada nos acrescentam, com pessoas que não nos fazem bem e só nos colocam pra baixo... Claro, não há nada de errado em mexer no celular, ficar de bobeira na internet, mas não faça disso sua rotina, algo religioso, como se você não pudesse viver enquanto não olhar o facebook.

Assim como você, eu prossigo na luta e na busca por dias melhores rsrs... Mas são exatamente nesses momentos de medo e dúvidas que nós devemos desviar nosso olhar de toda essa angústia e nos apaixonar pelo processo de busca, e então, os resultado aparecerão. Lembre-se que a dor para alcançar o sucesso sempre será menor que a dor de desistir dos seus sonhos.

Espero que tenham gostado do texto de hoje, que algo possa ser útil para ajudar você que se encontra perdido e que você saiba que estamos juntos nessa! Procure por pessoas batalhadoras, sonhadoras como você, isso ajuda a viver esse momento. Fuja do negativismo, de tudo que te coloca pra baixo, de pessoas que te invejam, te invejam muito antes de você conquistar algo (que coisa horrível, né? =s). Seja feliz durante o processo de busca, saiba encontrar a felicidade enquanto sobre os degraus e lembre-se que sempre tem alguém olhando para você e se inspirando em você!

www.fashionlawyer.com.br

26 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Camilaaaaaaa,

Que texto maravilhoso, menina!
E eu pensava que sabia escrever texto motivacional... rsrsrsrs

Vc simplesmente expôs, sem cansar o leitor, uma dura realidade enfrentada por muitos advogados (me incluo nos números) , que estão decepcionados com os resultados nada atraentes no limiar da carreira mais linda que já tive...
Deus abençoe sua vida e projetos. continuar lendo

Muito obrigada, Fatima!!!

Hahahahaha...que isso!

Que bom que pude passar exatamente aquilo que queria! É uma triste realidade, mas sempre vou acreditar que mais triste é a caminhada daqueles que desistem.

Amém!! Desejo igualmente que Deus abençoe sua vida e projetos!

Abraços! continuar lendo

Qual seria seu conselhos para um advogado recém formado, entrar em um escritório já formado ou se arriscar sozinho no mercado? continuar lendo

Olá Matheus. Olha, eu não posso te dar um conselho e dizer "siga dessa forma, pois esta é a fórmula do sucesso". Mas acredito que você deve seguir sua vocação. Abrir um escritório requer conhecimento em empreendedorismo e jogo de cintura para captação de cliente. O Brasil está em crise em diversas áreas, mas acredito que no direito ainda há espaço para se expandir. Se tiver a oportunidade, entre em um escritório grande de massa, aprenda a lidar e equilibrar seu tempo e trabalho entre o jurídico e administrativo e nunca deixe de estudar.

Espero ter ajudado em algo.

Boa sorte e um grande abraço! continuar lendo

Ótimo texto Doutora, e a realidade é esta, o segredo do sucesso, é nunca parar de estudar, o direito se tornou uma área saturada, entretanto poucos são aqueles que se mantém arduamente aplicado aos estudos, com especializações, mestrados e doutorados, será a chave para se destacar no mercado. continuar lendo

Muito obrigada Doutro Davi!! Sim, acredito que estudar nunca é demais, nos amadurece profissionalmente e como pessoas também. Com certeza, é muito fácil se destacar no mercado quando se é dedicado ao aprimoramento intelectual.

Sucesso para nós!! Grande abraço!! continuar lendo

Parabéns pelo texto Camila!
Inspirador... continuar lendo

Muito obrigada, Daniell!!! Que bom que pude contribuir com algo!

Grande abraço!!! Sucesso para nós! continuar lendo